26 de mar de 2010

Fenômenos não tão metereólogicos...

Nimbos no meu coração, nirros no meu sorriso. Tempestade na minha cabeça. Tufão no meu temperamento, garoa é a minha alegria. Granizo a minha coléra. Ciclones se formam dentro de mim. Da minha boca, as vezes saem raios e trovões. Nuvens negras, anunciam as tempestades que vem pela frente. No fundo eu não passo de uma leve garoa que o vento leva embora. Afinal que fenômeno me identifica? Me desculpe, mas um só é pouco e se porventura for todos, ainda não é demais.

#múanadepressão




2 comentários:

Petite Mélange disse...

Oia ja me senti assim...e tempestades ou granizo não quer dizer tristeza. Pode significar mudanças , euforia, ou até msm alegria...assim q eu estou começando a me entende. Meu felicidade significa tempestade...pelo menos é assim q penso hoje.:)

A!!ªN disse...

Nossa filosofou hein,, profundo adorei o texto