18 de mar de 2010

PERGUNTA!

Como que eu posso sentir tanta; mais tanta falta de coisas que nem sequer eu provei? Hã?

Nenhum comentário: